Início » Consulta por Estado 🌎 » Sul » IPVA 2021 RS: Consultar Valor, Calendário, Como Pagar

IPVA 2021 RS: Consultar Valor, Calendário, Como Pagar

Loading...

O IPVA 2021 RS é um imposto estadual obrigatório, que deve ser pago por todo cidadão dono de veículo. O IPVA 2021 RS tem como finalidade arrecadar fundos para os cofres do estado.

Esse imposto é uma importante fonte de renda, pois o valor total arrecadado é dividido entre o Estado e o município onde a taxa foi recolhida.

Quem mora no Rio Grande do sul precisa estar atento aos prazos de pagamento do IPVA 2021. Se esse é o seu caso, veja como consultar o valor, como pagar, qual é o calendário de pagamento e outras informações importantes.

Loading...

Consultar IPVA 2021 RS

Para consultar os valores de IPVA 2021 RS a pagar, é preciso se dirigir ao site do Detran RS. Veja como fazer:

1- Acesse o site do Detran RS,

2- No item “Veículos”, clique em “IPVA e Licenciamento 2021” (o ano correto aparecerá no período pertinente).
Como consultar os valores do IPVA RS 2021?

3- Na próxima tela, clique em “Valores a pagar para seu veículo”.
Como consultar os valores do IPVA RS 2021?

4- Informe a placa do veículo. Informe o Renavam e clique em Consulta. Os valores serão informados conforme solicitado.
Como consultar os valores do IPVA RS 2021?

Outra forma de pesquisa é pelo site do IPVA RS, um site específico para tratar de tal imposto:

1- Acesse o site oficial do IPVA RS,

2- Na aba “Consultas”, clique em “Consulta Veículo”.
site do IPVA RS

3- No final da tela, do lado esquerdo, clique em ‘Consulta Veículos”,

4- Informe a Placa do Veículo e o Renavam. Confirme que não é um robô e clique em “Consulta”.
site do IPVA RS

Calendário de Pagamento IPVA 2021 RS

O calendário para pagamento do IPVA 2021 RS ainda não foi divulgado.

Tendo como base o ano anterior, podemos ter uma ideia de tabela IPVA 2021 como a descrita abaixo:

  • Placas final 1: 01/04/2021;
  • Placas final 2: 03/04/2021;
  • Placas final 3: 06/04/2021;
  • Placas final 4: 08/04/2021;
  • Placas final 5: 13/04/2021;
  • Placas final 6: 15/04/2021;
  • Placas final 7: 17/04/2021;
  • Placas final 8: 22/04/2021;
  • Placas final 9: 24/04/2021;
  • Placas final 0: 27/04/2021.

Como emitir Guia de Pagamento IPVA 2021 RS?

A emissão da guia de pagamento também é feita pelos site IPVA RS. Veja como emitir a guia:

1- Acesse o site,

2- Na aba “Serviços”, clique em “Emissão de GA IPVA em cobrança”.
Como emitir a Guia de Pagamento do IPVA?

3- No final da próxima tela, embaixo, à esquerda, clique em “Emissão de GA IPVA em cobrança”,

4- Na próxima tela, informe o CPF. Selecione IPVA na aba Natureza dos Débitos. Escolha o Tipo de Quitação: as opções são “Saldo”, “Parcela” ou “Inicial”.
Como emitir a Guia de Pagamento do IPVA?

5- Informe a Data do Pagamento, número do débito, número de CDA e o código Renavam.

6- Depois, clique em “Avançar” para emitir a guia.

Como pagar IPVA 2021 RS?

Não é possível fazer o pagamento do IPVA 2021 RS online. O pagamento só pode ser feito em um dos bancos conveniados a seguir: Banco do Brasil, Banrisul, Bradesco, Caixa Econômica Federal, Santander e Sicredi.

Também é possível efetuar o pagamento nas Casas Lotéricas. Para clientes BB, é possível pagar via WhatsApp ou por débito automático. Informe-se no Banco sobre como funciona o procedimento.

É importante lembrar que cada estado possui diferentes maneiras de realizar o pagamento, dessa forma, procure entender melhor sobre o seu, seja no IPVA da Bahia ou também do Amapá.

Isenção IPVA 2021 RS

Todo cidadão do Rio Grande do Sul deve efetuar o pagamento do imposto, porém, existem casos em que o pagamento do IPVA 2021 RS está isento. Veja quais:

  • A máquina agrícola e a de terraplenagem e o trator, bem como a aeronave de uso exclusivamente agrícola;
  • A locomotiva e o vagão ou o vagonete automovidos, de uso ferroviário;
  • A embarcação de pescador profissional, pessoa física, por ele utilizada individualmente na atividade pesqueira;
  • O ônibus de transporte coletivo urbano, que tenha rampa ou outro equipamento especial de ascenso e de descenso para deficiente físico;
  • O triciclo e o quadriciclo, para deficiente físico, de uso individual;
  • Os destinados exclusivamente ao socorro de feridos e doentes;
  • Os destinados ao combate de incêndios, quando não pertencente à pessoa imune;
  • Os rodoviários utilizados efetivamente como táxi, com capacidade para até cinco pessoas, limitada a isenção a um veículo por beneficiário;
  • Os veículos com mais de 20 anos de fabricação;
  • Os pertencentes ao turista estrangeiro, durante seu período de permanência no País, nunca superior a um ano, em relação a veículo de sua propriedade ou posse, não matriculado, não inscrito ou não registrado, ou não averbado, não assentado, não licenciado, não inspecionado ou não vistoriado, em Município de Mato Grosso do Sul;
  • Veículos pertencentes à Embaixada, à Representação Consular, ao embaixador e ao representante consular, bem como à pessoa que faça jus a tratamento diplomático, quanto ao veículo de sua propriedade ou posse, condicionado o benefício ao país de origem que adote reciprocidade de tratamento.

Comente